[ editar artigo]

Pão-doce nutritivo com bananas

Pão-doce nutritivo com bananas

Aquela palma de bananas com a casca quase preta ou salpicada de pontinhos escuros - será que já passou do ponto? Ficou madura demais para ser apreciada in natura? Que tal transformá-la em pão-doce de bananas? A fruta impregna, mais madura melhor, a sua doçura e o seu perfume nesse pão-doce, tão rápido quanto simples, macio e nutritivo. Caso sua banana já esteja bastante doce, você pode até mesmo diminuir o açúcar da receita.

Para dar um croque extra, leva castanhas picadas. Gosto quando de repente o dente encontra na mordida, craque, um pedacinho da castanha! Por isso, não pique muito fino não. E não esqueça da aveia. As maiores, não muito finas, dão um certo corpo ao pão, além de serem muito nutritivas e cheia de fibras.  

Confesso que dispenso no meu pão de banana tanto canela quanto chocolate. Mas a receita é muito maleável e versátil. Pode ser mudada a gosto! Use o que encontra na despensa. Vai tudo na vasilha ou caso prefira um pão mais liso, direto no liquidificador. O meu, faço tudo a mão. Pico a castanha na faca e amasso a banana com o garfo. Depois dou uma assada na manteiga ou no óleo antes de misturar a massa. Mas só a banana pacovão precisa passar por isso. Outros tipos de banana dispensam esse passo. Também sinta-se à vontade para substituir a manteiga por margarina ou óleo. Use farinha integral ou de centeio no lugar da farinha de trigo. Varie os açúcares, trocando o branco para demerara ou até mel. Mesmo uma bela rapadura combinaria! No meu uso leite de coco. Mas poderia ser substituído por leite de vaca ou iogurte! Ou se nada disso lhe agrada, use água!

A forma retangular é do bolo inglês ou pão. Mas o formato pouco importa. A massa até vira bolinho individual colocado em potinhos ou formas de cup-cake. Só assa mais rápido. 

Ouso mais ainda. Troca a banana por outra fruta ou até legumes! Tudo que espera por um destino digno. Acredito que o pão fica maravilhoso com abacate, jerimum, cenoura ou pupunha! Os dois últimos, claro, devem previamente ser cozidos. Ideal para crianças que não gostam de legumes....

Aqui a receita:

 

Pão doce de banana pacovã, aveias e castanhas

½ xícara (100 g) de manteiga derretida ou óleo neutro

½ - ¾ xícara (150 g) de açúcar mascavo ou rapadura

3 ovos

2-3 bananas pacovã bem maduras (300 g), amassados com garfo mais uma banana para decorar

½ xícara (75-100 ml) de leite de coco

1 ¾ xícara (200 g) de farinha de trigo ou de centeio integral

½ xícara (100 g) de aveias médias

1 colher (chá) de fermento em pó

1 pitada de sal

½100 g de castanhas picadas

Casca ralada de ½ limão

Flocos de coco a gosto

Extrato de baunilha, canela, e noz mascado em pó a gosto

Chocolate em pedaços ou granulado a gosto

Preaqueça o forno em 180 graus. Unte e enfarinha uma forma retangular de bolo. Misture farinha, ovo, castanhas, açúcar e leite de coco.

Reserve a banana mais bonita para decorar. Amasse as outras bananas bem maduras com um garfo e frite na manteiga derretida. 

Esfriado, acrescente o restante dos ingredientes, por último incorpore o fermento em pó.

Tempere a massa a gosto com casca de limão raspada, canela, noz mascada ou baunilha. Aqui também entra o chocolate, nibs o que tiver a mão. Coloque na forma. Acomoda a banana de maneira decorativa por cima da massa. Asse por mais ou menos 45 minutos ou até um palito enfiado no bolo sai limpo. Espere esfriar por 15 minutos na forma, depois sob uma grelha. Sirva de lanche ou café de manhã.

Aqui a minha experiência com abacate. Tínhamos uma árvore no quintal.

E essa na qual substitua toda ou uma parte da farinha por pupunha cozida e amassada. Uma delícia! Ganha calda de mel ainda.

 

Calda de mel

125 ml de vinho branco doce

3-4 colheres (sopa) de mel

1 colher de manteiga

1 limão, raspas da casca

Para a calda de mel aquece o vinho junto com o mel e a manteiga. Sob fogo baixo deixe engrossar até a consistência desejada e adicione as raspas de limão. Ao servir, derrame sobre o bolo e decore com algumas pupunhas cozidas.

O BOTO - Alter do Chão
Susan Gerber-Barata
Susan Gerber-Barata Seguir

Suíça com passagem por design e jornalismo de moda. Apaixonou-se tardiamente pelo Brasil e mais tarde ainda pela Amazônia, especialmente a culinária amazônica. Cozinha, escreve e fotografa livros, uns sobre culinária amazônica.

Ler matéria completa
Indicados para você