A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Lixo que vira luxo - recicla Alter!

Lixo que vira luxo - recicla Alter!
Susan Gerber-Barata
mar. 24 - 3 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

Fibra de bananeira ou curauá, escama de aruanã, pneu de carro descartado, câmera de pneu de bicicleta ou saquinhos de plástico, lixo para uns, não para Dona Rose, conhecida artesã de Santarém. Na mão da Dona Rose, nome completo Roseni da Costa Guimarães, tudo isso se transforma, vira luxo, fantasia de Sairé ou no caso do pneu, uma pracinha com brinquedos alternativos para crianças.  

Dona Rose sendo entrevistada pela velejadora Heloisa Schurmann, embaixadora da voz dos oceanos

Mas foi o seu trabalho com reciclagem com qual literalmente transforma lixo em luxo, ensinado num curso para moradores do Caranazal e Alter do Chão chamou a atenção de visitantes da vila - os velejadores  Schurmann! Encontraram na sua missão que se chama "Voz dos Oceanos" aqui na vila pessoas que já praticam que eles estão pregando na sua expedição zarpando pelos mares e rios.  O projeto Voz dos Oceanos é um movimento mundial de combate à poluição plástica. Qualquer plástico, saquinho de supermercado, copo de água e garrafa PET, se não for devidamente descartado, melhor ainda seria reciclado ou simplesmente evitado, fica no ambiente. Não só enfeia a praia, mas machuca e mata muitos bichos que o engolem. Pesquisas recentes mostram coisa ainda pior - o micro-plástico, invisível ao olho nu, já começou a fazer parte da nossa própria alimentação, está na água tanto quanto no ar. 

Uma turma animada sentou no barracão do centro comunitário do Caranazal para aprender mais uma lição. 

Ações de transformação se impõem com urgência. Foi o que levou a MSVAamazon, empresa encarregada de ações educativas sobre reciclagem aqui em Santarém e Alter do Chão, a promover esse curso com a professora Rose. As participantes, já artesãs ou futuras artesãs, elaboraram sob sua instrução os mais diversos objetos. Tudo com investimento zero e ainda ajudando a preservar o ambiente.

Câmera do pneu de bicicleta vira brinco ou pulseira

A Dona Rose ensina muito além das suas habilidades manuais:

Fiquem com a coluna ereta! Não dobram as costas sobre o seu croché! Suas costas merecem!

e continua

A gente tem que usar o nosso produto! Si eu, artesã, não uso, não presta!

Mas também capacita de elaborar de um material banal, sem custo nenhum, um saquinho plástico ou um fecho de lata de cerveja uma bolsinha para óculos ou celular ou até bolsas maiores, cintos, tapetes, espanadores e chapéus charmosos. O croché feito de recicláveis tem toque agradável e com certeza durará bastante tempo. Dessa maneira, recortado em tiras e emendado o plástico ganha uma sobrevida e a artesã elaborou do lixo um pequeno luxo para ela ou até para vender. 

Saco plástico que vira tapete, espanador e chapéu, esse último confecionado pela participante Mirian Santos.


Denunciar publicação

Susan Gerber-Barata

Designer, jornalista e professora de idiomas

0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você