O BOTO - Alter do Chão
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Lixo e mais lixo - as Carimbozeiras de Alter não suportam mais!

Foto Elia Menezes
Susan Gerber-Barata
abr. 7 - 5 min de leitura
010

Aconteceu dia 05 de abril de 2024 um grande encontro, desencadeado pelas carimbozeiras de Alter em conjunto com a administração Elyene Amaral, carinhosamente chamada de Baiana e seu Waldir Baia, responsável pela limpeza da vila. Vieram parte das associações convidadas e também um representante da Semurb, Secretário Flávio Costa Nascimento, para juntos ouvir, elaborar e procurar uma solução para um problema bem antigo. Ninguém aguenta mais tanto lixo nas praias, mas especialmente no cartão postal de Alter do Chão, na praça Sete de Setembro. Ou como o carimbó do Mestre Capoeira diz na sua música:

"As mulheres carimbozeiras não suportam mais ...."

Mestre Marcele Santos e a administradora distrital de Alter do Chão Elyene Amaral mostrando toda aquela força feminina que vai transformar Alter 


Mulheres Carimbozeiras 

Carimbozeiras em Ação Ecológica em Alter do Chão, um grupo de mulheres, a frente a mestra Marcele Santos, tomaram as dores e estão querendo e já fazem, junto com outra mulher, a administradora distrital  Elyene Amaral fazer a diferença. Essas mulheres defendem e lutam pela ECOLÓGICA e pela SAÚDE DO MEIO AMBIENTE. Querem ser um grupo ou coletivo que serve para ser modelo para outros grupos e coletivos na vila. As Carimbozeiras atacam, sempre em prol do ambiente, em várias frentes. A primeira é cultural, através do Carimbó que une todas elas, depois com oficinas que reciclam, por exemplo óleo de cozinha que vira sabão e, além disso, façam intervenções de limpeza e conscientização, por exemplo com plaquinhas, nas praias. Querem sensibilizar com seu movimento em grupo não só a comunidade, mas também mostrar para moradores e turistas que aqui em Alter tem pessoas que se preocupam com o meio ambiente. Consciente que é um trabalho de Sísifo, (personagem da mitologia grega que foi punido por ter desafiado e enganado os deuses. Recebeu como punição um castigo terrível. Tem que rolar eternamente uma grande pedra montanha acima) que pode parecer desmotivador, mas tem garra de sobra. Mostraram com a reunião e a união que estão fazendo diferença no combate ao lixo. Como seria bom, que todos tivessem essa consciência e ninguém sujasse as praias do nosso paraíso!


Reunião com a administração distrital e Semurb

Num primeiro encontro com a mulherada foi lembrado que uma das administrações passadas tinha estabelecido um compromisso em volta da Praça central da vila, a praça Sete de Setembro: O pacto firmado era que todos os envolvidos colocassem o seu lixo na lixeira ao lado esquerdo da subida do cemitério. Esse pacto com o tempo se desfez e agora foi renovado pela atual administradora Baiana. Chamando todos os envolvidos, não todos compareceram, primeiro foram ouvidas e recebidas as demandas da comunidade. Uma delas seria avaliar instalar no centro de Alter uma coleta de lixo noturno, diferenciada, já que o grande movimento dos restaurantes e bares se concentra na 6a, sábado e domingo. Turista que passeia de manhã pela vila se depara com muitos urubus, cachorros e gatos que se deliciam com as comidas e restos de comidas que foram descartados na noite anterior....

Outra demanda foi formulada pelo presidente Elton John da ATUFA. Os seus membros, todos já bem conscientes do problema - os seus clientes, muitos turistas do sul e de fora não querem ver praia suja, engajada em trazer de volta todo o lixo que os turistas produzem. A ATUFA está propondo cuidar de duas lixeiras na base deles, já que o grande problema na vila é o acúmulo indevido de lixo em volta das lixeiras. Estão propondo de levar as lixeiras cheias sempre até o depósito perto do cemitério.

Outra demanda seria avaliar instalar um "cata treco" mensal. Uma roda extra que coletaria tudo que a coleta regular não leva e se acumula ao lado das casinhas de lixo. Sofá, colchão, pneu, fogão etc.. 

O secretário recebeu as demandas, prometendo que iria avaliar as possibilidades. Explicou, mais uma vez, que sim, estamos pagando a taxa do lixo. Essa taxa, a inadimplência na vila e em Santarém é altíssima, segundo ele só paga um mês do contrato da empresa que é responsável pelo lixo, sempre existia. Só foi desmembrado recentemente da IPTU, para o município se enquadre no novo marco de saneamento. Para melhorar a coleta de lixo occorrerão somente novas licitações em 2025 e infelizmente até lá a gente teria que fazer as tripas coração como a equipe de limpeza de Alter já faz. Falou também que haverá uma licitação pública para lixeiras. Será encaminhado um pedido para Alter. E o secretário também ofereceu fazer uma ação de coleta de eletrônicos na vila.


Até lá sobrará para as mulheres Carimbozeiras, a administradora e/ou para cada um de nós. Se cada um/a cuidasse do seu lixo, diminuindo, compostando, reciclando, cuidasse da frente da sua casa sua rua, Alter seria diferente. Em outras palavras, como a administradora dona Baiana enfatizou - vamos somar! Primeiramente vamos atrás daqueles que hoje faltaram. Explicando como é importante manter a praça limpa, limpará para nós todos. Parabéns mulherada!  A reunião foi um grande passo na direção certa.







Denunciar publicação
    010

    Indicados para você