O BOTO - Alter do Chão
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Bairro União - primeiro Mutirão contra o Lixo

Bairro União - primeiro Mutirão contra o Lixo
Susan Gerber-Barata
fev. 8 - 4 min de leitura
000

Quem participou na 3a feira, dia 06 de Fevereiro 2024 do primeiro mutirão que enfrentará o lixo no bairro União veio preparado: de roupa leve, chapéu para se proteger contra o sol escaldante, bota de cano alto, saco de lixo e cada um com seu ancinho! E levantou cedo já que o trabalho não foi pouco não. Organizado pelo presidente do bairro União, Marcos Mota Gama, Bacharel em Direito, em conjunto com a nova moradora e professora de Gerontologia e enfermeira Iorinete Trevisan que estão fazendo cada um sua parte em prol da comunidade!

Limpando, roçando, coletando

Como sempre quando se trata de lixo, as mulheres na frente

Primeiro foi coletado todo o plástico jogado ao longo da Travessa Secundino Sardinha, a rua que sobe para o bairro atrás do campo de futebol. É importante separar o plástico e lhe dar o devido destino. Se ele fica no meio da matéria orgânica, ele poluiu o ambiente e com isso as pessoas por muitos e muitos anos, prejudicando a saúde de todos nós.

Pior só se for queimado como os moradores infelizmente ainda costumam fazer por lá. Dessa maneira o plástico libera toxinas que fazer mal pra saúde de todos nós. 

Depois a administração distrital reforçou com uma bela roçada e levou carradas e mais carradas de mato, entulho tudo misturado embora.

A dona Iorinete com a coragem de alguém recém-chegado ao bairro se espantou com certas atitudes de moradores, especialmente depois que ela publicou um texto pedindo mais cuidado com o lixo. Ela ousou a escrever:

“O lixo espalhado contribui com muitas doenças. Dengue é só uma delas. As pessoas pegam dengue e depois vão pra frente do hospital reclamar. Umas tem razão, mas aqueles que não armazenam o próprio lixo, colocando só na hora do lixeiro passar, não sei se tem direito de reclamar..... Infelizmente não fizeram e não estão fazendo sua parte!
Gente vamos nos conscientizar. Lixo é feio. Lixo é nojento. Lixo adoece a população. Não adianta falar em preservar a Amazônia se o lixo é pior que o desmatamento. “

Isso foi suficiente para gerar uma pequena revolta de curtas e boas. Perguntaram se ela não tinha nada melhor a fazer. Explicaram para ela, que o problema com o lixo simplesmente era cultural!!!! Além disso, tem bastante morador que argumenta que se livra do problema do lixo de maneira elegante - pagando a taxa do lixo! Pagou, o problema não é mais dele:

Anônimo:

“Pago mais do que 600 Reais de taxa de lixo para as 4 casas que tenho. Acho nada do que normal que a prefeitura limpa o que foi sujado. Nunca vou participar num mutirão desses!”

Mais interessante ainda outro caso onde um terreno baldio sem nenhuma construção paga quatro vezes o valor do IPTU em taxa de lixo......  

Falando no costume empurre, empurre – segunda a G1 do 23 de Janeiro de 2024 a prefeitura fechou o ano de 2023 com 68% de inadimplência na famigerada e muito odiada taxa do lixo. Assim a cobra morde o próprio rabo. Uma argumenta que não entra dinheiro, não consegue milho para fazer pipoca, o outro lado se gaba que pagou e com isso se livrou de qualquer obrigação.... E quem paga o pato somos todos nós. Veja acima.

O antes e depois do mutirão


Colocar a mão na massa, dar o exemplo e ainda ganhar uma açaí Curumim de brinde e reconhecimento faz muito bem para Alter. Um exemplo a ser seguido!

Os cuidados com o bairro, aliás, não pararem por ai. O próximo passo para o presidente e a associação será resolver essa poça bem funda, uma de muitas. A preocupação com a Dengue é só uma das queixas dos moradores. Boa sorte! E muita resiliência!!!!



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você