'); Manifesto Alter Limpa segunda edição - O BOTO - Alter do Chão
[ editar artigo]

Manifesto Alter Limpa segunda edição

Manifesto Alter Limpa segunda edição

Que todos nós sonhemos com uma vila de Alter sem lixo, que inspiremos a todos com poucas ações e atitudes, que façamos Alter mais Limpa. Acompanhe aqui a cobertura do evento do último sábado de novembro de 2020, um dia antes da votação do segundo turno das eleições municipais. Muitas pessoas participaram e o espírito da cooperação e solidariedade é sim contagiante. Junte-se à próxima edição do Alter Limpa. Programe-se, apresente um texto, uma poesia, uma música e passe o dia com esse grupo que só está crescendo. Este é um encontro voluntário que acontece na vila uma vez por mês, no último fim de semana de cada mês, para educação ambiental e coleta de lixo. A ação espontânea Alter Limpa teve início com o convite do cozinheiro e produtor cultural Christian Schmidt, que junto com voluntários, tem organizado a ação.

Eleição sim, eleição não, lixo não tem partido não. Somente governos anteriores de Santarém faziam uns passos certos em direção a coleta seletiva de lixo e educação ambiental. Esforços que devem ser retomados com urgência. Uma cidade turística como Alter do Chão, a pérola do Tapajós, um Balneário que recebe turistas do mundo inteiro necessita repensar como lida com o seu lado menos fotogênico.  Como a letra da música tocada mais cedo pelo músico e artista Isaac Vega diz:

"A casa que a gente tem é a casa que a gente faz! O mundo que a gente tem é o mundo que a gente faz!"

Alter Limpa quer o bem de Alter

A manifestação "Alter Limpa" nasceu de uma observação pessoal. O objetivo é bem claro - evitar, evitar, evitar que surja lixo. Se não der - reciclar. E com última resposta Alter Limpa sempre inclui uma ação de coleta de lixo, daquele lixo que foi deixado para trás, poluindo as praias. E o sucesso mostra que muita gente concorda que quer sua casa e seu mundo mais limpo. Lixo é ruim para Alter do Chão. Lixo espalhado impressiona negativamente o turista que vem de longe ver as belezas naturais de Alter do Chão. Lixo simplesmente é mal negócio e a natureza sofre junto. 

Aposta em educação ambiental

Alter Limpa, uma festa-manifesto, acontecerá uma vez por mês. O encontro aposta fortemente no exemplo e na educação ambiental. Enfim somos nós, adultos e crianças, que temos que mudar o nosso olhar e as nossas atitudes. Para as crianças, Ana Torellas Quintero do restaurante Mãe Natureza conta no conto "A agulha que treme" de um lixo misterioso deixado para trás pelos turistas em pleno deserto. Esse lixo intrigou os locais até o ponto que os levou a biblioteca! Lá enfim desvendaram o mistério daquela caixa misteriosa. Depois era a vez da Graziela Brum que lia poesias de cunho ecológico com o mesmo teor.

Noite cheia de estrelas

Mas foi a noite que arrombou. O casal Magdalena e Dario Chaskis trazia da Argentina Guantanamara uma milonga, abrindo o evento, dando o seu apoio a essa causa nobre. 

O evento intercalou música da boa, carimbo do Banzeiro do Claudio Ferreiro com intervenções engraçados e instrutivas. Chegou no seu auge com as músicas tão lindas quanto educativas da querida Maria Lídia. Claro que ela cantou o seu já famoso "Lixo Legal" que ensina onde se deve colocar cada item reciclável. O reforço Borari veio das Suraras do Tapajós cheias de garra e persistência. Elas não só tocaram junto com a Maria Lídia, mas também arrasaram com seu carimbo.  

Christian já deixa avisado: Alter Limpa será uma vez por mês!!! 

Dessa maneira - Bora Alter! Juntos vamos conseguir uma Alter mais, muito mais limpa! Alter é sua, é nossa e também é minha casa que todos nós queremos em ordem! - "A casa que a gente tem é a casa que a gente faz! O mundo que a gente tem é o mundo que a gente faz!" - Aguardo todos mês que vem!

Vídeo Suraras com Maria Lídia

https://youtu.be/cGUQQWzCC1Q

https://youtu.be/cGUQQWzCC1Q

 

 

 

 

O BOTO - Alter do Chão
Susan Gerber-Barata
Susan Gerber-Barata Seguir

Suíça com passagem por design e jornalismo de moda. Apaixonou-se tardiamente pelo Brasil e mais tarde ainda pela Amazônia, especialmente a culinária amazônica. Cozinha, escreve e fotografa livros, uns sobre culinária amazônica.

Ler conteúdo completo
Indicados para você