[ editar artigo]

Seminário Amazônia em Sintropia vai discutir Ciência, Agricultura e Floresta

Seminário Amazônia em Sintropia vai discutir Ciência, Agricultura e Floresta

A Amazônia vem chamando a atenção do mundo pelos recentes incêndios florestais e aumento nos índices de desmatamento. Embora esteja em evidência, há muito que se discutir sobre o atual quadro da região e sobre novos caminhos para superarmos a falsa dicotomia entre meio ambiente e desenvolvimento. A Amazônia precisa manter suas funções ambientais e ao mesmo tempo encontrar novas formas de produzir. O potencial é enorme para modelos agroflorestais de cultivo e com dados de pesquisa científica. É possível ter melhor uso das terras hoje degradadas. , a solução para a desafiadora questão do ordenamento fundiário e o enfrentamento de seus problemas sociais.   

Sabemos que a Amazônia é peça chave para a regulação do clima no planeta e ao mesmo tempo a floresta em pé tem enorme potencial econômico ainda a ser explorado. Precisamos debater sobre quais reais oportunidades estão abertas para o convívio com a Amazônia, com atividades econômicas modernas que reduzam seu impacto sobre a floresta e aumentem sua produtividade.

Amazônia em Sintropia - Ciência, Agricultura e Floresta

Nesse contexto o seminário "Amazônia em Sintropia - Ciência, Agricultura e Floresta” vai apresentar os novos modelos de agricultura sustentável que integram produção, floresta e meio ambiente com redução de custos e aumento de produtividade, com a participação do geneticista e pesquisador Ernst Gotsch, criador do modelo de Agricultura Sintrópica, o cientista Antonio Donato Nobre, agrônomo com mestrado em Biologia Tropical (Ecologia) e Phd em Earth System Sciences (Biogeochemistry), e o engenheiro agrônomo e agricultor Rogério Vian, membro da Associação Goiana dos Produtores de Algodão (Agopa), do Instituto Goiano de Agricultura (IGA), da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-GO) e da APROSOJA Brasi, presidente e um dos fundadores do GAS - Grupo de Agricultura Sustentável.

A mesa de abertura conta com Caetano Scannavino, coordenador do Projeto Saúde e Alegria, que atua em comunidades da Amazônia com programas de desenvolvimento integrado nas áreas de organização social, saúde, saneamento básico, direitos humanos, meio ambiente, geração de renda, educação, cultura e comunicação; Dra. Lilian Regina Furtado Braga, Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará na 8ª Promotoria de Justiça de Direitos Constitucionais e Fundamentais e Ações Constitucionais, Defesa da Probidade Administrativa e Fazenda Pública de Santarém e Dr. Marcos Prado Lima, Biólogo com doutorado em genética, conservação e biologia evolutiva pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e Pró-Reitor da Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA

 

Sobre o evento:

Gratuito com Vagas Limitadas.
Quinta, 12 de setembro de 2019, das 8h30 às 12h
Auditório do Ministério Público Estadual
Av. Mendonça Furtado, 3991 - Liberdade, Santarém – PA
Informações: http://saudeealegria.org.br/redemocoronga/
Inscreva-se neste link: https://bit.ly/2knYbBr
Ou envie mensagem citando o evento, com seu nome, instituição, grupo ou movimento Email: psa@saudeealegria.org.br;  WhatsApp (93) 991.431.091

O BOTO - Alter do Chão
Ler matéria completa
Indicados para você