[ editar artigo]

O que é isso de alimentação viva e crua?

O que é isso de alimentação viva e crua?

É uma alimentação que gera um pacto com a vida. Comer saudável. Na verdade a alimentação viva já chega cozida, na perfeição. O chef global para todo o mundo é o SOL. É uma culinária solarizada. O que estamos comendo, os vegetais, são condensações dos raios solares: o arco-íris. Estamos comendo o sol:  é uma transferência da energia solar para nosso corpo. Quando temos uma mamão pronto para comer, exposto diariamente ao sol ate madurar, ele esta bem cozido. Comer alimentação viva com produtos vegetais realmente passa algo e coisas diferentes e é o que vamos experimentar: o aumento da  energia do corpo com esta dieta dos alimentos vivos.

Dizem que talvez uns 300 mil anos atrás começamos a utilizar o fogo. Baseados na história natural, faz mais de um milhão de anos que estamos aqui na Terra. Por razão, por uns 700 mil anos não comíamos nada cozido. Tudo cru!

Estamos experimentando com nossas vidas por 300 mil anos tratar de ver como podemos nos adaptar a uma culinária cozida e ja vemos que o julgamento marcado: as enfermidades que sofremos, as farmácias, os hospitais, os médicos, são desafios tremendos para  lutarmos e estamos perdendo.  As mazelas crescem exponencialmente.

 

Tribo do Sol - Alter do Chão


Sou feliz em reunir todos neste grupo da Cozinha do Sol. Sem você não teria propósito do tanto que quero falar, discutir, esclarecer sobre o tema. Organizar o espaço TRIBO DO SOL 🔆 ALTER DO CHÃO para reuniões e acolhimento. Um espaço para sanar.

Há muitos programas, terapias, medicinas, comportamentos que vamos demonstrar aqui.
E agora, neste momento, esta se consolidando cada vez mais: pois compartimos tudo.

Agradeço ao grupo,  amigos, os curiosos, aos que desafiam o modo de vida  entorno da atualidade. São pessoas de muitos lugares, países, cidades. Isso é muito legal. Gente do Chile, Colombia, Porto Rico, Argentina, Peru, Holanda, Bélgica, França, India, Austrália  que chamam pois querem tomar os programas na Amazonia e agradecer o que estamos fazendo.

Todos sabemos que é trabalhoso abrir essa alimentação. É um denominador comum: escuto pessoas dizendo que a elas custam a família, os amigos, as reuniões sociais.
Mas agora já não somos mais raros, estamos na onda. Estamos deixando de ser poucos para sermos muitos e isso esta se abrindo para algo muito mais interessante.
 

O BOTO - Alter do Chão
Ler matéria completa
Indicados para você