[ editar artigo]

O medo não educa

O medo não educa

Aprendemos melhor quando nos sentimos confortáveis. Isso vale para tudo. Quando sentimos medo, risco de rejeição ou de punição, temos dificuldade para pensar, para nos expressar e para reter informação. A doutora Eleanore Hargreaves fez essa pesquisa em salas de aula de dois contextos diferentes, com crianças palestinas, do West Bank, e com crianças inglesas, de Londres. 

"Quando as crianças sentem medo, é como se a cabeça delas parasse" - contou Hargreaves. 

O medo faz a criança se sentir sozinha, sem confiança. Com receio de se expor, até de falar com outras crianças, ela fica mais distraída e quieta

Em aula sobre o Futuro da Educação, Hargreaves fala da crise das escolas no mundo de hoje. Não importa se o país é rico ou pobre, democrático ou autoritário, as escolas no geral tem insistido em método antigo de ensino em que os alunos são silenciados na sala de aula e parecem que são tratados mais como repositórios de informações que seres pensantes. Essa escola ultrapassada precisa ser repensada, pois desestimula a troca de pensamentos e debate de ideias como caminho para aprendizado. Um método que valoriza a conformidade de pensamento e a obediência, ao passo que pune o pensamento crítico e criativo. Que, por todos esses motivos, prejudica até mesmo o importante aprendizado de nos relacionarmos uns com os outros.  Inteligência social assim como inteligência emocional são também importantes no processo de aprendizado e são conhecimentos necessários para toda vida. 

Essa reflexão nos permite mergulhar mais a fundo quando pensamos em nossas próprias experiências. Quem teve um professor carrasco? Quem teve uma escola favorita? Por quê? Quem já abandonou cursos no caminho? Quais e por quê? Quem tem filhos na escola? Em qual escola? Por quê? Já diria o visionário poeta, a alegria é a prova dos nove. 

Em busca de um novo paradigma para a educação, precisamos romper com o modelo ultrapassado de controle. Respeito se ganha, acordos se fazem e confiança não se compromete. Todos nós merecemos e queremos uma escola que nos permita desabrochar. Toda semente é uma árvore em potencial. Por uma escola que acolha sementes e lhes dê o ambiente ideal para que floresçam radiantes. 

Saiba mais:
O texto completo da pesquisa "Pupils’ Fear in the Classroom: Portraits From Palestine and England" - https://bit.ly/2uFIE1i
O vídeo completo de "Como Aprendemos? - O Futuro da Educação" (https://bit.ly/2I3LXXT). 

O BOTO - Alter do Chão
Ler matéria completa
Indicados para você