[ editar artigo]

Espaço Mãe Natureza é contemplada com energia solar

Espaço Mãe Natureza é contemplada com energia solar

Mais um ano inicia e com ele a esperança de dias melhores também. Muitas pessoas planejam atividades, viagens e diversos projetos. E para o Espaço Mãe Natureza da Associação Irmã Dulce dos Pobres, localizada no bairro Santo André, em Santarém, oeste do Pará, o ano de 2020 começou muito bem.

O espaço recebeu a implantação de sete placas solares por meio do Projeto Tapajós Solar coordenado pelo Movimento Tapajós Vivo. O objetivo do Projeto é promover o uso de energia solar descentralizada na bacia do Tapajós visando mudanças na matriz energética no sentido de evitar a implantação de novas barragens nos rios da Amazônia.

A entidade sem fins lucrativos oferece oficinas educativas para a comunidade do bairro Santo André, em especial às crianças e adolescentes.

Para Irma Ieda de Sousa, coordenadora da Associação Irmã Dulce dos Pobres, o projeto surgiu em uma ótima hora, devido a ampliação do espaço, e consequentemente o aumento da energia elétrica do ambiente. “Isso é muita alegria, porque nós temos um custo alto de energia, e esse projeto com certeza é uma possibilidade, digamos que mais um milagre de Santa Dulce dos Pobres para a nossa Associação”, ressaltou.

Daiana Félix Pereira, secretária da Associação destaca com gratidão a oportunidade oferecida pelo projeto. “É uma sensação de gratidão e privilégio, porque é algo grandioso que não passava na nossa imaginação de quando poderíamos conseguir. Agradeço a vocês que escolheram o projeto e tiveram a iniciativa de conhecer as nossas necessidades. Só tenho sentimento de gratidão, pois vai ajudar bastante a gente”.

O Espaço Mãe Natureza da Associação Irmã Dulce dos Pobres é a segunda entidade solarizada pelo Projeto Tapajós Solar. O processo de solarização do espaço iniciou no dia 16 dezembro do ano de 2019.

O Projeto Tapajós Solar é coordenado pelo Movimento Tapajós Vivo em parceria com o Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental e Cáritas Brasileira, com apoio da Misereor.

Desde o mês de fevereiro de 2019 diversas atividades pedagógicas, e oficinas foram desenvolvidas como forma de sensibilizar as entidades do município de Santarém e Belterra (áreas urbanas e rurais) contempladas com as unidades do Projeto.

 

 

O BOTO - Alter do Chão
Movimento Tapajós Vivo
Movimento Tapajós Vivo Seguir

Somos um coletivo organizado em 2009, através da união de militantes de organizações da sociedade civil. O MTV luta pela soberania dos povos da Amazônia, em especial na bacia do Tapajós.

Ler conteúdo completo
Indicados para você