'); Carimbóterapia - O BOTO - Alter do Chão
A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Carimbóterapia

Carimbóterapia
Jose Roberto Aguilar
fev. 16 - 2 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

Este é o relato de minha aventura na Carimbóterapia. Cada um tem a sua vivência que desperta a sua magia desta terra.

Terça-feira passada,18 de fevereiro, eu, o professor Jackson Tapajós e sua companheira Franciane fomos juntos com 2 simpáticas turistas participar de uma sessão de Carimbóterapia na casa de Chico Malta. Conheço Chico e Monica há dezoito anos, participamos de incontáveis shows de carimbó, assisti inclusive o nascimento do curimbó em sua casa com Jackson, Boró, Catraca e outros que lançaram um semblante cultural enorme em Alter do Chão. Fomos alegres à casa do amigo Chico Malta e não encontramos o amigo, mas i MESTRE GRIÔ CHICO MALTA.

          

 O QUE É UM MESTRE GRIÔ ?

Um mestre griô, como os curandeiros e curandeiras, xamãs, pajés, rezadores, erveteiros, são pessoas que foram designados pelos deuses da florestas para espalhar sua sabedoria, cura e abertura de visão, para os homens e mulheres ampliando suas potencialidades. Trabalham as pessoas com humildade e sugestões mas também com a inevitabilidade da verdade.

 

Atônitos, começamos a Carimbóterapia. Em círculo, nos apresentamos, nos abraçamos a direita e a esquerda e rodopiamos formando uma espécie de cobra grande.

Uma sensação inebriante foi sentir os pés na terra ao ritmo do coração e acelerar ao ritmo do carimbó. O corpo todo começou a dançar sempre sob a direção do Mestre e nós caímos na ritmo pisando na terra.

Em seguida houve a apresentação dos instrumentos principalmente o tambor curimbó (curi=pau e embó=escavado). Fomos convidados a tocar todos os instrumentos, mas o rei foram os tambores curimbós. E tudo, tudo sincronizando com as explicações e movimentos em forma de cobra grande, pisando na terra e que estão as águas do aquífero Alter do Chão que contem as memórias dos tempos, nadando nos rios dos guardiões botos tucuxí e rosa. E compreendendo os mitos mágicos do local.

Sentir a terra entrando através de seus pés.

Seria um previlégio imenso para todos participarem desta epifania.

OBRIGADO MESTRE CHICO MALTA


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você